Posted by on 28/01/2019

As 100 toneladas de amianto em estado friável que poderão ser encontradas as diversas aplicações do Paquete Funchal levaram o SOS AMIANTO, Grupo de Apoio às Vítimas do Amianto criado pela Quercus, a ativar o alerta internacional e comunicar esta situação ao International Ban Asbestos Secretariat (IBAS), uma associação do Reino Unido que atua na área do Amianto, com a qual é desenvolvido um trabalho em rede.

Em causa estão as preocupações relativas à compra do Paquete Funchal por uma empresa Signature Living do Reino Unido, que o pretende transformar num hotel, sem ser conhecido onde irá ser removido o amianto do interior do navio e qual o destino a ser atribuído ao mesmo.

O International Ban Asbestos Secretariat (IBAS) comunicou esta situação ao Subgrupo Parlamentar de Amianto na Câmara dos Comuns do Parlamento Britânico a 12 de dezembro, bem como as autoridades marítimas, ao Executivo de Saúde e Segurança, os Sindicatos, ao Presidente da Autarquia de Londres e outras autoridades do Reino Unido. Em Portugal, o SOS AMIANTO apresentou as suas preocupações às autoridades marítimas nacionais e europeias, bem como aos Grupos Parlamentares da Assembleia da República, com quem temos reunido nestes últimos dias.

Com este alerta internacional a SOS AMIANTO tentou prevenir um desvio do Paquete Funchal por algum porto de algum país onde não haja critérios ambientais e de segurança na remoção do amianto, garantindo que o mesmo é removido ou em território português ou em território inglês.

Lisboa, 20 de dezembro de 2018

Posted in: Comunicado

Comments

Be the first to comment.

Leave a Reply


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/quercusong/websites/cirsites/sosamianto/wp-includes/functions.php on line 4339